CERTIFICAÇÃO E ANAIS

26/10/2018 15:44

Terão direito a certificado:

  • Ministrantes de Minicurso
  • Colaboradores de Minicurso
  • Participantes/Ouvintes de Minicurso
  • Atendentes de Estandes

Receberão registro nos anais do evento:

  • Autores de trabalho
  • Co-autores de trabalho
  • Colaboradores de trabalho

A data em que estará disponível a geração dos certificados e anais: 14/12/2018

Certificados estarão em http://certificados.ufsc.br/ e anais em sgsepex.ufsc.br

17ª Sepex: Atividade “Conversando sobre drogas.”

22/10/2018 16:54

Esta ação foi desenvolvida no dia 16 de outubro (19-22 h) no Departamento de Farmacologia da UFSC e foi coordenada pelos professores Rui Daniel Prediger (Professor Titular Livre Docente da UFSC, Membro Afiliado da Academia Brasileira de Ciências e Pesquisador reconhecido internacionalmente na área de Psicofarmacologia) e Tadeu Lemos (Médico, Professor Associado da UFSC e especialista sobre Drogas).

Além dos professores, a ação contou com a monitoria da doutoranda Andreia Cunha e a colaboração de 10 estudantes dos Programas de Pós-Graduação em Farmacologia e Neurociências da UFSC.

A atividade foi voltada para professores e estudantes (15 a 50 anos de idade), totalizando aproximadamente 100 participantes, da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Secretaria Municipal de Educação de Florianópolis, que envolve os seguintes polos:

Polo Avançado do EJA CEDEP (Centro de Educação e Evangelização Popular), Bairro Monte Cristo;

Polo Ilha-Continente – Centro Comunitário Ilha Continente, Capoeiras;

Polo Avançado Estádio Orlando Scarpelli, Estreito.

     

A atividade consistiu numa palestra inicial com duração de 1 h ministrada pelo professor Tadeu Lemos em que foram discutidos de maneira interativa com os participantes temas relevan tes relacionados às drogas: epidemiologia, sistemas cerebrais de recompensa, mecanismos de ação e impacto sobre o funcionamento do cérebro e outros órgãos, estratégias e programas de prevenção ao uso de drogas, cenário atual de drogas em Santa Catarina (com ênfase na região da grande Florianópolis).

Em seguida, após um período de 30 min de coffee break interativo, os participantes foram divididos em grupos de 20 pessoas (incluindo professores e alunos da EJA e Pós-Graduandos da UFSC) onde foram apresentados vídeos e modelos experimentais sobre as pesquisas mais atuais relacionadas ao tema de drogas desenvolvidas na UFSC e em outros laboratórios nacionais e internacionais. Os participantes tiveram acessos a computadores com simuladores e tutoriais sobre drogas e foram estimulados a debaterem e trocarem experiências sobre o tema.

17ª Sepex: confira a cobertura especial da Agecom e TV UFSC

22/10/2018 15:19

A cobertura institucional da 17ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFSC (Sepex) foi realizada pela Agência de Comunicação (Agecom) e pela TV UFSC. Na sede da Agência, localizada atrás do Centro de Cultura e Eventos Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, uma sala de imprensa foi preparada para atendimento ao público e entrevistas diversas.

A Sepex, maior mostra científica do estado, foi realizada entre os dias 18 a 20 de outubro de 2018. Na programação apresentações artísticas e culturais, minicursos, palestras, debates e visitação a mais de cem estandes, agrupados por área de conhecimento – Comunicação, Cultura, Educação, Tecnologia, Ambiente, Trabalho, Direito, Saúde, entre outros. Além do campus Florianópolis, as ações se desenvolveram nos quatro campi da UFSC – Joinville, Curitibanos, Araranguá e Blumenau -, e no trapiche da Beira-Mar Norte.

Confira a cobertura jornalística:

Agecom

Pró-reitores de Pesquisa e Extensão destacam o papel da Sepex na integração universidade e sociedade

Projeto ensina propriedades medicinais de plantas para crianças e adultos

Estandes expõem répteis, anfíbios e ossos de mamíferos aquáticos

Sala de Apoio à Amamentação oferece espaço de convivência para mães

Contadores de Histórias do Neti trazem alegria ao público infantil

Novas formas de gerar energia é tema de pesquisas

Realidade virtual simula comportamentos de pedestre para estudo sobre trânsito autônomo

Festival do Equilíbrio e Cartografia Tátil e Escolar prestam serviços à sociedade

Palestra de abertura aborda pesquisa e inovação para a educação do futuro

Exposição de objetos e histórias do passado ajudam a entender o presente

Passaporte UFSC e seus recursos interativos disponíveis nesta edição

Solenidade marca abertura oficial

Estandes ajudam a desfazer mitos em relação a insetos, fungos e animais

Estande distribui kits e orienta sobre o autoteste de HIV

Pesquisas científicas, tecnológicas, ambientais e sociais a bordo do Veleiro ECO

Dentre os serviços, uma sala de apoio à amamentação

Inscrições para 185 minicursos seguem até esta quarta

UFSC convida a comunidade para maior mostra científica do estado

 

Fonte: https://noticias.ufsc.br/2018/10/17a-sepex-confira-a-cobertura-especial-da-agecom-e-tv-ufsc/

SER IDOSO EM 2020?: Atividade da LAG em parceria com GESPI – 17ª Sepex

17/10/2018 13:53

Nesta segunda-feira (15/10) foi realizada no Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal de Santa Catarina como atividade proposta para a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, em parceria com a 17º SEPEX e PROPESQ, atividade abordando o tema “SER IDOSO EM 2020?”. A atividade foi desenvolvida pelos membros da Liga Acadêmica Gerontogeriátrica (LAG) da Universidade Federal de Santa Catarina em parceria com Laboratório de Pesquisas e Tecnologias em Enfermagem, Cuidado em Saúde a Pessoas Idosas (GESPI), a ação foi coordenada pela Profª Drª Karina Hammerschmidt do Departamento de Enfermagem. Foram desenvolvidas ações de sensibilização sobre o processo de envelhecimento, para tanto foi simulado as alterações fisiológicas do processo de Envelhecimento, principalmente alterações decorrentes de hábitos não saudáveis de vida. Utilizaram-se dinâmicas lúdicas com o objetivo de proporcionar a vivencia de como é ser idoso, refletindo sobre a importância do autocuidado para o envelhecimento saudável, considerou-se a importância desta ação em virtude do aumento rápido da população idosa. A ação reforça o discernimento sobre os impactos do envelhecimento na vida diária da pessoa idosa, buscando promover valores de igualdade a partir da conscientização social.